Procedimento da MRTECH

1. APLICAÇÃO:

Procedimento aplicável à construção de novas Unidades de Processamento Central (CPU) de microcomputadores ou reforma e / ou remontagem utilizando-se partes novas ou remanufaturadas. A relação dos materiais, bem como a seqüência documentada destina-se à montagem básica de um sistema microcomputador. Instalações subseqüentes ou adicionais serão descritas em Procedimentos específicos.
2. RELAÇÃO DE FERRAMENTAS:

Pulseira anti-estática;
Alicate de bico pequeno;
Chave Philips 3/16 polegadas;
Chave de fenda 1/4 x 4 polegadas;
Alicate de corte pequeno;
Espátula pequena de plástico ou madeira;
Pistola de cola quente.

3. RELAÇÃO DE MATERIAIS:

Placa-mãe;
Processador compatível com a placa-mãe selecionada;
Módulo de memória RAM compatível com a placa-mãe selecionada;
Gabinete para CPU específico, conforme padrão da placa-mãe;
Fonte de alimentação dimensionada conforme as necessidades do conjunto;
Disco rígido;
Unidade de CD/DVD;
Abraçadeiras plásticas do tipo “Helerman”;
Pasta térmica;
Buchas de latão de 3/16 polegadas;
Arruelas de plástico para isolamento.

4. DOCUMENTAÇÃO:

Manual de usuário da placa-mãe, unidades de CD/DVD, disco rígido e quaisquer outros componentes que serão instalados;
Mapa de montagem da placa-mãe ou diagrama impresso da placa-mãe, com a identificação dos encaixes de expansão e chaves ou interruptores de configuração;
Procedimento HW01.

5. SEQÜÊNCIA INICIAL

Coloque a pulseira em um dos braços e conecte o cabo a um ponto aterrado da oficina. É essencial que o técnico-montador não acumule cargas de eletricidade estática em seu corpo, pois uma descarga elétrica desse tipo pode facilmente alcançar milhares de volts, o que se traduz em danos irreparáveis nos componentes manipulados.

Logo a seguir desembale a placa-mãe e coloque-a sobre a bancada. Com o auxílio do mapa de montagem, localize os conectores dos discos, encaixes de expansão e o painel do gabinete. Desembale o processador e monte-o cuidadosamente em seu soquete de fixação, conforme a estrita indicação do manual da placa-mãe. Aplique uma fina camada de pasta térmica antes de montar o conjunto dissipador / ventilador sobre o processador. Com o auxílio do manual da placa-mãe, monte o conjunto cuidadosamente, observando o correto encaixe e fixação da peça. A má fixação ou a fixação incorreta deste componente pode danificar ou destruir o processador.

6. PREPARAÇÃO DO GABINETE

Desembale o gabinete e remova suas tampas laterais. Caso seja necessário, remova também o painel frontal. Com o auxílio do mapa de montagem do gabinete, localize os componentes do conjunto e coloque-os à parte. Monte a fonte de alimentação, caso a mesma não esteja pré-montada no gabinete.

Prenda as buchas de metal e/ou plástico nos buracos do suporte da placa-mãe. Estas buchas fixarão a placa na posição de trabalho, e é importante certificar-se que as mesmas estejam bem presas ao suporte. Remova a seguir o espelho de metal do painel traseiro do gabinete e substitua-o pelo espelho que acompanha a placa-mãe. Esta peça faz parte do acabamento do gabinete e também faz a proteção contra objetos estranhos no interior da CPU.

Remova agora os espelhos dos periféricos. Com o auxílio do alicate de bico, torça as chapas e retire-as através da fadiga do metal. Retire apenas a quantidade necessária à acomodação das placas periféricas, pois estas chapas também constituem o acabamento externo do gabinete, e também protegem o equipamento de objetos estranhos.

7. MONTAGEM

Com o processador e o conjunto dissipador/ventilador devidamente fixados na placa-mãe, passa-se agora à fixação da placa-mãe no gabinete. Coloque a placa no interior do gabinete e alinhe os conectores de periféricos às aberturas correspondentes do espelho. Alinhe, agora, os buracos de fixação da placa-mãe às buchas do suporte no gabinete. A seguir, prenda a placa-mãe com os parafusos que acompanham o gabinete.

Localize o conector de energia da fonte de alimentação e fixe-a na placa-mãe, conforme o manual da placa. Fontes do padrão ATX são mecanicamente impossíveis de serem montadas invertidas. O mesmo não ocorre com as fontes AT; leia atentamente as recomendações do manual da placa antes de montar o conector.

Instale agora o módulo de memória RAM cuidadosamente, observando o encaixe correto na placa-mãe. É natural uma pequena resistência no travamento do módulo na placa; entretanto, uma resistência muito forte ou a impossibilidade do encaixe podem indicar inversão da posição do módulo.

Ligue o painel frontal do gabinete à placa-mãe. Este painel controla os botões de energia e reset do equipamento, além do alto-falante do sistema e das luzes da energia e do disco rígido. Após ligar os cabos, o sistema está pronto para ser iniciado pela primeira vez.

8. TESTE INICIAL BÁSICO

Antes de ligar a CPU, segure o gabinete pelas bordas e levante-o, para a remoção de quaisquer peças soltas do interior do equipamento. Após essa manobra, ligue o cabo do monitor na interface de vídeo da CPU e o teclado em seu respectivo conector. Ligue a CPU através do botão no painel frontal do gabinete. Acione o programa de configuração da placa-mãe e configure os componentes do sistema.

9. PROBLEMAS NA MONTAGEM

Caso o sistema não inicie, é provável que um ou mais itens da lista abaixo tenham ocorrido:

Painel ligado incorretamente à placa-mãe;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s