Projeto Mil Horas

Há mais ou menos seis meses eu fiz um teste de resistência no meu aparelho: propus fazê-lo rodar 500 horas (ou 21 dias) e testar estabilidade e a autonomia do aparelho. O netbook travou após exatas 503 horas, 46 minutos e 22 segundos.

Instalei aplicativos, desinstalei depois, fiz mil e uma peripécias com os aplicativos e muitas recargas de energia. Foi importante para aprender algumas técnicas e desenvolver algumas táticas de uso.
Agora o projeto é mais ambicioso: pretendo rodar o Android indefinidamente. Explico: o Android, como sistema operacional de smartphones não foi criado para ser desligado. O processo de boot é lento, a montagem e desmontagem do sistema de arquivos pode se desastrosa e o fato de desligar não significa aumentar a durabilidade da bateria. Logo, quero agora funcionar o Mox Pad sem paradas. A meta das mil horas é simbólica: funcionar mil horas é funcionar 42 dias; os primeiros 42 dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s