Meu smartbook quebrou

A crônica da morte anunciada. Esse poderia ser o título desta postagem. Certamente explicaria com muita clareza a sequência de cagadas (desculpem-me o termo) que fiz diante de uma situação comum na vida de quem opera smartbooks, netbooks, notebooks e similares: derrubada de café no teclado.

A quantidade não foi grande: um quinto de copinho de 100 ml no máximo. Agravante: o aparelho estava ligado. Diante da cena, o que fiz? Resumidamente,

  1. Virei o aparelho de cabeça para baixo;
  2. Desliguei o aparelho;
  3. Tentei enxugar o teclado antes que o líquido se infiltrasse.

Se eu tivesse apenas feito os três passos acima e ficado quieto, o Mox ainda seria o instrumento de escrita deste blog. Mas não satisfeito, após as manobras decidi:

  1. Religar o aparelho;
  2. Testar as teclas.

Ao testar as teclas da região afetada, constatei o mal contato causado pelo café. A partir da constatação, decidi retirar as teclas e verificar a extensão dos danos à controladora do teclado. Verifiquei que o líquido tinha penetrado na película com as trilhas de contato das teclas; baseado em minha experiência com teclados de PCs, acreditei que a questão estaria resolvida com a desmontagem, limpeza e remontagem do teclado.

E aí começa a jornada de danação.

O teclado do smartbook é semelhante aos daqueles vendidos para tablets, com teclas planas e propulsão formada por borracha e molas de plástico. Extremamente compactos, eles não são desmontáveis. Logo, em caso de dano, troca-se todo o teclado. Até compreender isso, tinha desmontado uma boa parte do smartbook; tentei retirar a tela e destruí o dispositivo que permitia o movimento da mesma; ao remontar, percebi que o teclado poderia ser retirado sem desmontar absolutamente nada: apenas quatro travas o mantém preso ao corpo do aparelho, e bastava desencaixar com a ajuda de uma chave de fenda e desligar um flat de uma polegada e meia – ironica e tragicamente fácil. Ponto para o fabricante, desgraça para mim.

Tela separada do corpo, dobradiça destruída, teclado removido e o aparelho ainda funcionava! Espetáculo tétrico, impossível de se entender. Após a destruição inicial, resolvi tentar consertá-lo, e aí começa o segundo ato da tragédia. Comprei cantoneiras de latão (wtf!!!) para fixar a tela ao gabinete do infeliz computador. A montagem a princípio parecia promissora: as cantoneiras tinham bom acabamento, e a parafusagem não comprometeria a aparência do aparelho. Mas aí resolvi preencher o espaço entre a tela e o gabinete com durepox (wtf 2!!!) e o resultado foi horrível. Além disso, durante a parafusagem das cantoneiras, acabei perfurando a bateria (wtf 3!!!), que imediatamente entrou em curto-circuito e começou a derreter o gabinete. Em pânico, arrombei o gabinete e cortei os fios da bateria, removendo-a em seguida. Imobilizado, arrombado e sem bateria, ainda sim continuava funcionando (com o carregador, é claro). Por fim, o botão liga / desliga simplesmente afundou no gabinete, fazendo-me desistir da tortura de consertar o pobre Mox.

Este martírio durou dois dias – entre 10 e 12 de fevereiro, e me rendeu exatamente um prezuízo de R$ 18,00 de materiais para o “conserto” e mais R$ 360,00 do Mox Pad. O sentimento de perda, incompetência e a imperícia explicitada pela aventura não têm preço, e quando somado ao desastre da E-125, marcam minha carreira na informática.

Anúncios

Um comentário sobre “Meu smartbook quebrou

  1. História da E-125: foi a primeira Casiopeia que comprei, via Mercado Livre. Tratava-se de um pocket pc, com Windows CE e possuía muitas características legais, como tela colorida, cartão de memória e interface IR. Após mais ou menos dois anos de uso, deu defeito no flat da tela, o que impedia a iluminação e tornava o aparelho virtualmente inútil. Desmontei e montei umas quatro vezes até estragar o gabinete. Foi mandado para reciclagem em junho de 2013.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s