Processadores em palmtops

Tive aparelhos com processadores ARM, MIPS e Dragonball. Cada processador encerra em si uma saga de evolução, desenvolvimento, marketing e popularização. O MIPS, o mais “nerd” de todos, esbarrou no consumo: o Dragonball, espécie da Motorola 68k, era um anacronismo. Logo, coube ao ARM evoluir. Dessa família, tenho aparelhos com chips da Intel, Texas Instruments e Wondermedia.